Árabes Tunisianos PDF Imprimir E-mail

População: 8.500.000

Distribuição Geográfica: Tunez.

Idiomas: Árabe tuninisiano e francês.

Religião: Islamismo.

Situação do cristianismo: Não há liberdade.

Obreiros cristãos: Poucos há alguns grupos que se reúnem nas casas.

Traduções: Novo Testamento em tunisiano. Há algumas gravações.

HISTÓRIA Situado entre a Argélia e a Líbia, a Tunísia é o país mais arabinizado do Norte da África. Depois de séculos de dominação turca, no século 19 passou a ser colônia francesa até 1956, ano em que se tornou independente como república.

SITUAÇÃO POLÍTICA Em 1987 Ben Alí derrota o presidente Habib Bourguiba, e desde então governa o país em sistema democrático de grande abertura ao exterior. Há eleições a cada cinco anos.

ECONOMIA É o país do Norte da África mais urbanizado e o primeiro aberto ao turismo, o qual obtém uma importante fonte de entradas. A industria têxtil encabeça a lista de suas exportações. Suas terras férteis permitem condições a uma agricultura forte que abastece a população. Desde alguns anos atrás, o dinar tunisiano tem se desvalorizado por causa das exportações. O desemprego é elevado e há também um grande problema com a alta porcentagem de natalidade.

CULTURA E EDUCAÇÃO A Tunísia é um dos países mais alfabetizados do Magreb (60% da população). Dá-se muita ênfase na educação e arabinização, mais com somente três universidades, muitos estudantes de nível superior se vêm obrigados a sair do país.

CONTATOS COM O EVANGELHO Foi um importante centra do cristianismo primitivo (mostra de isso é Agostinho de Hipona, atual Bona ou Annaba). Este povo, mais tarde foi afetado por fortes heresias que tornaram possível que o islamismo o dominasse no século VII. Atualmente a população têm se secularizado, mesmo com a existência de grupos integristas. Há maior liberdade que em outros paises muçulmanos, mais também muita apatia por parte do povo.

NECESSIDADES ESPECÍFICAS A atenção médica é ineficiente e a mortalidade infantil é alta. E também é necessária ajuda na área sanitária. Oremos por mais obreiros e para se abram os corações espiritualmente indiferentes.

Árabes Marroquinos | Árabes Tunisianos | Azerbaijão | Bereberes do Atlas | Bereberes do Sul | Cabilenho | Cossacos | Curdos | Fulas | Hausas | Mouros | Nômades Pastorais | Quirguizes | Rifenhos | Saharianos | Tártaros | Tayicos | Tuaregue | Turcomanos | Uigures | Uzbecoz | Wolof