Cabilenhos PDF Imprimir E-mail

População: 5.000.000.

Distribuiçã geográfica: Montanhas de Kabila ao norte da Argelia.

Idiomas: Cabilenho (beréber), árabe e francês.

Religião: Islamismo.

Situação do cristianismo: Uns 3.000 crentes ou mais.

Obreiros cristãos: Aproximadamente 12.

Traduções: Novo Testamento. Gravações, ví­deo e o filme Jesus. Há uma sede da Sociedade Bíblia em Orán.

HISTÓIA O sólido costeiro que se estende ao oeste de Argel, conhecido como grande Kabila, ocupa uma área de 300 km de cumprimento e mais de 50 de largura. Sua cidade mais importante é Bugí­a. A população berebere foi influenciada pelo cristianismo até a chegada do islamismo no século VIII. Depois de estar sob distintas dinastias norte-africanas, caiu sob a dominação otomana até o Século XIX. Posteriormente se converteram em protetorado francês. A Argelia, e com ela kabila, conseguiu a independência em 1962 depois de uma intensa luta, em que a população cabilenha teve um papel destacado. Atualmente na Argelia teve efeito um golpe de estado para impedir a ascensão ao poder dos integristas.

SITUAÇÃO POLÍTICA Kabila é um dos grandes centros que lutou pela independência argelina. Seu espírito de independência o levou a se posicionar contra a polí­tica nacional em temas como a arabinização, diante dos que estão contra.

ECONOMIA Grande parte da população emigraram a Argelia ou França, onde vivem mais de 500.000 cabilenhos. Kabila se dedica agricultura, com abundantes plantações de oliveiras e figueiras. Os cabilenhos provém aos argelinos de mão de obra em atividades téxtil e na pequena área de metalurgia. Sua sociedade tribal os leva a organizar mercados ambulantes.

CULTURA E EDUCAÇÃO Aproximadamente 50% são analfabetos. Sua primeira lí­ngua é o berebere cabilenho. A maioria fala francês e sente grande aversão ao árabe. Entre os cabilenhos de tradição lí­rica, tem surgido uma nova canção polí­tica. Ademais, abundam escritores em lí­ngua francesa. Sua estrutura é tribal, patriarcal, com instituições próprias de grande influência berebere (conselho local ou yemaa).

CONTATOS COM O EVANGELHO Sua atitude é mais aberta ao cristianismo que a de outros povos muçulmanos. Isto é demonstrado pela recente conversão em massa de um povo. A maioria dos crentes argelinos se localizam entre os cabilenhos. Não podemos esquecer, sem dúvida, que como o paí­s é muçulmano permanece fechado aos cristãos. Desde o século passado há presença missionária entre os cabilenhos. Atualmente chegam a 12 agências missionárias que tem algum obreiro instalado nesta área.

NECESSIDADES ESPECÍICAS Não há liberdade de pregação do evangelho, mais a projeção do filme Jesus tem dado excelentes resultados. Oremos pelo sustento dos obreiros e pelo crescimento dos convertidos. Alguns lí­deres locais tem sofrido perseguição. Oremos por eles e peçamos para que se levantem outros. Oremos por maior produção de literatura.

Árabes Marroquinos | Árabes Tunisianos | Azerbaijão | Bereberes do Atlas | Bereberes do Sul | Cabilenho | Cossacos | Curdos | Fulas | Hausas | Mouros | Nômades Pastorais | Quirguizes | Rifenhos | Saharianos | Tártaros | Tayicos | Tuaregue | Turcomanos | Uigures | Uzbecoz | Wolof