Quirguizes PDF Imprimir E-mail

População: 2.500.000.

Distribuição geográfica: Kirguiztán. Alguns na China, Afeganistão e Turquia.

Idiomas: Kirguiz e russo.

Religião: Islamismo sunita.

Situação do cristianismo: Aproximadamente 75 crentes kirguizes e 8.000 de outras nacionalidades.

Obreiros cristãos: 5 ou 6 casais.

Traduções: Mateus, João e Atos. Preparam-se programas de radio e há gravações disponí­veis.

HISTÓRIA Este povo nômade é mencionado entre os povos antigos da Ásia Central. Possuem traços asiáticos, tem sido governados por mongóis, turcos, cozacos e finalmente pelos russos, que depois da revolução aniquilaram um grande número e os extraditaram para o Afeganistão, Paquistão e depois para a Turquia.

SITUAÇÃO POLÍTICA A maioria vive na República da Quirguí­sia (cerca de 200.000 km2), que tem seu limite com Kazaj, Uzbequistão e Xinjiang. Sua capital é Bishkek. Desde 1930 se converteram na República Socialista de Quirguí­sia e em dezembro de 1990 foi declarada república independente com um presidente eleito, Asker Akaev.

ECONOMIA Por causa da altitude do paí­s (1.500 m), a maioria são nômades, habitam em tendas e se dedicam a pecuária. A Quirguisia é produtora de estanho, mercario, urânio, carvão e outros minerais de alto ní­vel de poluição. O comunismo tratou de transformar sua forma de vida agrupando-os em granjas coletivas sem muito êxito. Neste momento, russos e ucranianos controlam a economia do paí­s.

CULTURA E EDUCAÇÃO A educação primária podia realizar-se em russo ou em quirguiz, mais depois somente em russo. O ensino do árabe estava proibido, mais ainda há uma tradição do Alcorão em Quirguiz. Tem composições épicas nacionais chamadas manas, que tratam a vida, os costumes e os combates do povo.

CONTATOS COM O EVANGELHO No século XIX começou a missão Altai (Eugenius Kasantseff). Os cristãos chineses tentaram alcançar o povo de Xinjiang sem resultado. Crise que há mais ou menos 8.000 crentes Quirguises. Alemães menonitas deportados da Ásia central por Stalin entraram em contato com a população. (Desde a reforma religiosa foram abertas umas 1.400 mesquitas no paí­s, mais na Quirguisí­a há um fundamentalismo mais fraco que nas outras repúblicas muçulmanas).

NECESSIDADES ESPECÍFICAS A nova repÚblica está estabelecendo relações com outros paí­ses, cujo fruto pode reverter-se na expansão do evangelho. Oremos pela tradução da Bí­blia em Quirquiz, pelas emissoras de rádio e pelos novos contatos.

Arabes Marroquinos | Árabes Tunisianos | Azerbaijão | Bereberes do Atlas | Bereberes do Sul | Cabilenho | Cossacos | Curdos | Fulas | Hausas | Mouros | Nômades Pastorais | Quirguizes | Rifenhos | Saharianos | Tártaros | Tayicos | Tuaregue | Turcomanos | Uigures | Uzbecoz | Wolof