Tayikos PDF Imprimir E-mail

População: 4.200.000.

Distribuição geográfica: Tayikistán; também em Afeganistão, Uzbekistão, Kazakistão e China.

Idioma: Tayiko, uzbeko e russo.

Religião: Islamismo com influência budista e zoroastrista.

Situação do cristianismo: Provavelmente uns 25 crentes nacionais.

Obreiros cristãos: São estimados uns 15 obreiros.

Traduções: Bí­blia, Novo Testamento e Bí­blia para crianças. O filme Jesus está disponí­vel.

HISTÓRIA: A origem dos tayikos é bastante incerta, ainda que a maioria dos estudiosos concordem que eles são descendentes dos antigos persas. Grande parte de sua história se reduz a guerras e lutas internas constantes. Durante séculos tem sido invadidos pelos gregos, mongóis, turcos, ingleses, russos e árabes.

SITUAÇÃO POLÍTICA: Com o marxismo chegou a coletivização que causou grande amargura; converteu-se em um estado socialista em 1929. Em 1991 declarou sua independência e constituiu-se em uma república parlamentar. Desde então, tem havido contendas entre o antigo regime comunista e o integrismo islâmico. Em 1994 foram realizadas eleições presidenciais.

ECONOMIA: Pecuária, agricultura, minários e eletricidade são as principais fontes de sua economia. Os tayikos são muito hábeis na produção de lá, algodão e sede. Também se ocupam do cultivo de cereais, frutas e vegetais; da extração de minerais metais, petroleo e gás natural; e o aproveitamento das centrais hidroeletricas.

CULTURA E EDUCAÇÃO: HÁ somente 7% de analfabetismo, muitos tayikos são cientistas e educadores. Utilizam o alfabeto cirí­lico desde 1940. Existem vários periódicos que foram publicados em tayiko, assim como livros e folhetos; também há programas de rádio e televisão transmitidos neste idioma.

CONTATOS COM O EVANGELHO Depois de sua independência houve um pouco mais de abertura para o evangelho. Sabemos que entre outras existem igrejas batistas e pentecostais (russas); e que recentemente compartilharam Bí­blias e Novos Testamento. Também passaram o filme Jesus em todo o paí­s. Vários obreiros estão atualmente discipulando crentes nacionais. Não obstante a esta abertura, há forte movimento integrista islâmico.

NECESSIDADES ESPECÍFICAS As lutas internas tem destruí­do o paí­s.  É necessário mão de obra para distribuir produtos básicos, e de professores de inglês e informática. As portas estão relativamente abertas para compartilhar o evangelho. Oremos para que se esta abertura se mantenha para o ocidente e para que os crentes nacionais sejam fortalecidos em sua fé e testemunho.

Árabes Marroquinos | Árabes Tunisianos | Azerbaijão | Bereberes do Atlas | Bereberes do Sul | Cabilenho | Cossacos | Curdos | Fulas | Hausas | Mouros | Nômades Pastorais | Quirguizes | Rifenhos | Saharianos | Tártaros | Tayicos | Tuaregue | Turcomanos | Uigures | Uzbecoz | Wolof