Norte da África PDF Imprimir E-mail

Apesar de estar tão perto da Europa, e com uma população crescente, esta região está cercada por alguns paí­ses com os grupos raciais menos evangelizados do planeta. Possui 75 milhões de habitantes, a maioria árabes e berberes que vivem na Mauritânia, Marrocos, Argélia, Tuní­sia e Lí­bia. Em alguns desses paí­ses, como a Argerlia e Tuní­sia está ressurgindo um forte fundamentalismo islâmico.

Séculos atrás os berberes eram cristãos e foram obrigados a converter-se ao Islamismo. Hoje se estima somente entre 1.000 e 2.000 o número de crentes onde antes floresceu o cristianismo (ainda que noticias recentes falam de que em um dos paí­ses magreb há um forte movimento do Espí­rito e que centenas tem se convertido).

Oficialmente, nenhum desses governos admite a existência de igrejas nacionais. A entrada de missionários é proibida, de maneira que os obreiros devem buscar formas criativas de acesso ao pais.

Motivos de oração

  • A consolidação do trabalho das equipes missionárias.
  • Que se levantem fortes lí­deres nacionais.
  • Unidade entre as poucas igrejas (reuniões nas casas, segundo nosso conceito ibero-americano) e crescimento do recente movimento de conversões, que se estenda através de todos os paí­ses norte africanos.
  • Fruto permanente através dos cursos bí­blicos por correspondência que se enviam de outros paí­ses.
  • A juventude árabe esta desiludida com o contexto social que a rodeia, que possam ver no Evangelho a solução.
  • Argelia | Lí­bia | Marrocos | Mauritânia | Tuní­sia